Comer antes de dormir faz mal à saúde?

geladeiraPara muita gente, especialmente quem passa o dia fora de casa, no trabalho ou estudando, o jantar se transformou na principal refeição do dia. Especialistas dizem, no entanto, que comer à noite – especialmente quando a refeição é farta e realizada perto da hora de dormir – pode alterar o organismo e os processos digestivos.

Um estudo realizado com 700 adultos e apresentado em congresso recente da Sociedade Europeia de Cardiologia analisou a relação entre as horas nas quais se consome alimentos e os efeitos no organismo. A pesquisa constatou que ingerir alimentos tarde da noite gera um impacto significativo na pressão arterial. Durante a noite, o processo fisiológico normal é a queda da pressão arterial. Porém, o estudo descobriu que 24,2% dos participantes que comeram até duas horas antes de dormir não registraram uma queda adequada da pressão sanguínea. Entre os que haviam jantado mais cedo, a porcentagem foi de 14,2%.

“Estado de alerta” – Segundo especialistas, consumir alimentos antes de dormir faz com que o organismo permaneça em “estado de alerta”, no qual estimula a produção de hormônios do estresse, como a adrenalina, e pode alterar o ritmo circardiano, o ritmo diário do organismo. Ebru Ozpelit, professora de Cardiologia da Universidade de Dokuz (Turquia), que apresentou o estudo, disse que os resultados sugerem que o que se come é tão importante quanto o tipo de alimentos que se ingere.

Ozpelit disse que a vida moderna está criando “hábitos de alimentação erráticos”, como o de pular o café da manhã e comer cada vez mais tarde. Tais práticas, afirma, estão se tornando cada vez mais frequentes e podem causar danos ao longo do tempo. “Devemos definir a frequência ideal e a hora dos alimentos”, afirma Ozpelit. “O café da manhã é importante, devemos tomar um café da manhã forte e não pular o almoço. Devemos fazer um jantar mais leve e ele não deve ser depois das sete da noite”, afirmou.

Obesidade – Os especialistas afirmam que o corpo humano não está preparado para enfrentar muitos dos aspectos da vida moderna. Com a chegada da luz artificial e a industrialização, os humanos modernos começaram a experimentar horas prolongadas de iluminação. Isso levou a um consumo estendido de alimentos e ao consumo de alimentos cada vez mais tarde no dia. Sandra Hirsch, especialista em nutrição humana pelo Instituto de Nutrição e Tecnologia de Alimentos da Universidade do Chile, afirma que as refeições noturnas podem ter efeitos adversos no organismo.

“Quando alguém come, uma série de processos metabólicos se desenvolve”, disse a especialista à BBC Mundo. “São liberados hormônios no processo de absorção de alimentos. Portanto, se eu comer e ir dormir, esses mecanismos hormonais podem ter impactos negativos no organismo”. Segundo ela, alguns desses impactos podem ser ganho de peso ou mesmo obesidade. “Comer tarde pode inibir a degradação da gordura no organismo, que é um processo natural durante a noite”, afirma Hirsch. “E isso pode fazer com que uma pessoa que está tentando emagrecer tenha mais trabalho.”

Refluxo – Outro problema de comer perto da hora de dormir é o refluxo, segundo a especialista. Esse transtorno faz com que o conteúdo estomacal retroceda do estômago até o esôfago, o que pode irritar o esôfago e causar acidez gástrica, náusea, indigestão e, em alguns casos, provocar câncer de esôfago. “Se uma pessoa come e vai dormir não consegue esvaziar o estômago, por isso o estômago fica cheio, e se a válvula gastroesofágica está alterada a comida vai subir.”

Segundo estudos mais antigos, pessoas que comem antes de dormir têm maior risco de desenvolver sintomas de refluxo. Em um artigo publicado no jornal americano The New York Times em 2015, Jamie Koufman, médico especializado em transtornos de refluxo, escreveu que esses transtornos se transformaram “em uma epidemia que afeta até 40% dos americanos”. Ele afirmou que também podem ser causas dessa “tendência inquietante” uma dieta ruim, com maior consumo de açúcar, gordura e alimentos processados.

“Há outra variável importante que vem sendo ignorada: a hora que jantamos”. O médico afirmou que o ideal é não comer após às 20h ou fazer a refeição noturna três horas antes de dormir. “Concluindo, não é bom comer muito tarde nem comer e ir dormir”, afirma a especialista em nutrição Sandra Hirsch.

Fonte: BBC Brasil

‘‘Eis que Deus é a minha salvação; nele confiarei, e não temerei, porque o Senhor Deus é a minha força e o meu cântico, e se tornou a minha salvação.’’ Isaías 12:2 (clique aqui e se surpreenda)

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s