Anvisa proíbe saneantes e medicamentos

suspenso-anvisaDuas empresas de saneantes comercializavam detergentes e alvejantes irregulares – Todos os produtos de limpeza fabricados pela empresa Palerme Ind. e Com. De Produtos de Limpeza Ltda foram proibidos pela Anvisa. A empresa que funciona sob o nome fantasia Palerme Química não possui autorização de funcionamento pela Anvisa e comercializava produtos sem registro. Os produtos saneantes irregulares, dentre eles, Alcafix Detergente Alcalino para Limpeza Cip, deverão ser inutilizados e serão apreendidos assim que encontrados no mercado.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária determinou nesta terça-feira (24/01), também, a proibição de dois produtos químicos fabricados pela empresa Quimibel Indústria Química Ltda. O Alvejante XYZ e o Hipoclorito de Sódio 12% da Casa não têm registro na Anvisa. Ambos os produtos portanto foram proibidos e a empresa deverá promover o recolhimento do estoque disponível no mercado.

Medicamentos irregulares – A empresa Cascas e Raízes da Amazônia, que não possui autorização de funcionamento pela Agência Sanitária, fabricava e comercializava medicamentos irregulares em sites de internet. Considerando a publicidade de produtos sem registro, a Anvisa determinou a proibição de todos os medicamentos. Esta e outras medidas sanitárias foram publicadas no Diário Oficial da União.

Anvisa proíbe lote 027 do produto Álcool Gel Chemix – Medida sanitária determina que a empresa Indústria e Comércio Chemim Ltda tire o lote do mercado por não apresentar bons resultados. A Anvisa suspendeu distribuição, comercialização e o uso do produto Álcool Gel Chemix, fornecido pela Indústria e Comércio Chemim Ltda. O frasco plástico de 500g mostrou resultados insatisfatórios nos ensaios de determinação de pH, grau alcoólico e na análise de rotulagem. A medida foi publicada no DOU e a empresa deve recolher os estoques do produto no mercado.

Cosmético não autorizado – A Anvisa suspendeu a fabricação, distribuição, comercialização e uso de produtos sem registro. O produto Volume zero by Cleyton Alex Sander fabricado pela empresa Lumebel Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda foi proibido por não ter registro ou cadastro da Anvisa para comercialização. Foi determinado que a empresa recolha os estoques que já existem no mercado. Resolução 192/17 foi publicada no Diário Oficial da União.

Luvas descartáveis – A Anvisa determinou nesta terça-feira (23/01), também, a suspensão da fabricação de todos os produtos sujeitos à inspeção sanitária da empresa Luplast Indústria e Comércio de Luvas Descartáveis Ltda. Além da comprovação da fabricação e comercialização de produtos para saúde sem registro ou cadastro na Agência, a empresa, teria sua autorização de funcionamento (AFE) cancelada em 13 de outubro de 2014. A resolução RE 190/17 determina, ainda, que a empresa promova o recolhimento dos produtos.

Suspensos três lotes do antisséptico tópico Riohex – A alteração na cor de amostras de três lotes motivou a suspensão do comércio do medicamento Riohex (Digliconato de Clorexidina). Os lotes R1505789 e R1505714 do Rihex 2% 100mL e o lote R1601068 do Riohex 4% 100mL, ambos fabricados por Indústria Farmacêutica Rioquímica Ltda, foram suspensos pela Agência. A empresa fabricante dos antissépticos tópicos é responsável pelo recolhimento do estoque dos lotes em questão.

Antibiótico falsificado – A empresa United Medical Ltda, fabricante e detentora do registro do medicamento Ambisome 50mg, identificou no mercado lotes falsificados do antibiótico antifúngico. Unidades do lote 006404 do Ambisome (Anfotericina B – Lipossomal) 50 mg apresentaram características diferentes do original. De acordo com empresa, unidades do Ambisome exibiram aspectos divergentes das constantes na embalagem original quanto ao prazo de validade, cuja fabricação é datada 01/01/2010 e validade 28/02/2019. A Anvisa determinou a apreensão e inutilização, em todo o território nacional, das unidades do lote 006404 do antibiótico Ambisome. Tais medidas sanitárias foram publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira (19/01).

Suspensos lotes do cosmético Spectraban Base Fluida – A Anvisa suspendeu a circulação comercial de seis lotes dos produtos Spectraban Base Fluida Bege Claro, Spectraban Base Fluida Bege Médio e Spectraban Base Fluida Translúcida. A suspensão dos lotes ocorreu em virtude de erro na indicação do fator UVA na embalagem secundária dos produtos. A empresa Laboratórios Stiefel Ltda justificou que, apesar de constar na embalagem secundária comercializada de alguns lotes a indicação de UVA +++, a opção foi de registrar o produto com UVA ++. A empresa informou ainda que no ato do registro na Anvisa foram apresentados estudos comprovando que o fator de proteção daqueles produtos é, de fato, UVA +++.

Dado que as informações nas rotulagens secundárias estão em desacordo com o registrado na Vigilância Sanitária, a Anvisa determinou a suspensão dos lotes 1052457 e 1051042 do produto Spectraban Base Fluida Bege Claro, dos lotes 1051404, 1051985 e 1052984 do produto Spectraban Base Fluida Bege Médio e do lote 1052381 do produto Spectraban Base Fluida Translúcida. A empresa Laboratórios Stiefel Ltda, fabricante dos cosméticos, é responsável pelo recolhimento do estoque existente no mercado, dos lotes em questão.

Sabonete antisséptico Cinord é proibido – O sabonete antisséptico Cinord foi proibido pela Anvisa nesta segunda-feira (16/01). De acordo com autoridades sanitárias da Agência, o produto fabricado pela Cinord Sudeste Química Ltda era comercializado com uma formulação de um registro já vencido. Além disso, a formulação do sabonete possuía uma concentração de um conservante químico acima do permitido pela legislação sanitária. O produto portanto teve a fabricação, distribuição, comercialização e uso proibido. A Agência Sanitária declarou ainda o recolhimento de todo o estoque no mercado do cosmético em questão. A resolução RE 115/17 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte: Anvisa

rodape-uninga-2

‘‘E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia…” Daniel 1:8a (clique aqui e se surpreenda)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s