Pantocal® e outros medicamentos são suspensos pela Anvisa

pantocalAnvisa proíbe 2 lotes do medicamento Hormotrop 12 UI – Falsificação do Hormotrop 12 UI motivou a proibição de dois lotes do medicamento fabricados pela empresa Laboratório Químico Farmacêutico Bergamo Ltda. Os lotes CC40706 e CC30963 do medicamento Hormotrop 12 UI foram proibidos pela Anvisa nesta segunda-feira (13/03). A empresa Laboratório Químico Farmacêutico Bergamo Ltda, fabricante do Hormotrop 12 UI pó liofilizado + diluente, identificou os dois lotes falsos no mercado, o que motivou ação sanitária da Agência. A empresa confirmou, ainda, que em algumas unidades dos lotes CC40706 e CC30963 havia divergência entre as numerações dos produtos e as numerações registradas no sistema da empresa. Por se tratar de um caso de falsificação, a Anvisa determinou a proibição da distribuição, comércio e uso, bem como a apreensão e inutilização dos lotes CC40706, que contém o diluente bacteriostático lote 091196587 validade 04/2017, e o lote CC30963 validade 08/2016. A resolução RE 611/17 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (13/03).

Medicamento Pantocal® é suspenso pela Anvisa – Pacientes encontram fragmentos de vidro no medicamento Pantocal® EV 40 mg pó liofilizado para solução injetável. A empresa Eurofarma Laboratórios S.A., recebeu reclamações de pacientes usuários do medicamento Pantocal® EV 40 mg pó liofilizado para solução injetável, relatando a presença de caco de vidro no remédio. A Anvisa determina que sejam suspensas a distribuição, comercialização e uso do produto do lote 463128 (fases A e B), fabricado pela empresa Eurofarma Laboratórios S.A. O fabricante deve recolher o estoque existente no mercado.

Irregularidade fitoterápica – Também foi suspensa nesta sexta-feira (10/3), a comercialização de produtos contendo Tribulus terrestris, erva daninha mediterrânea, pela empresa Cristiane Souza de Jesus Mendes. A Anvisa determinou, ainda, a apreensão dos produtos Tribulus terrestris, Próstata e Ipê Roxo, bem como todos os medicamentos fabricados pela empresa. Além disso, dois sites que comercializam produtos fitoterápicos contendo Tribulus terrestris, www.pacoesportes.come www.bodynow.com.br , foram proibidos de distribuir, divulgar e comercializar tais produtos. Produtos desse tipo devem ser registrados como medicamentos fitoterápicos ou produtos tradicionais fitoterápicos em virtude das alegações terapêuticas apresentadas. Todas as unidades dos produtos serão apreendidas assim que encontradas no mercado.

Hipoclorito de sódio Clorunforte é proibido pela Anvisa – Produto de limpeza não possui cadastro ou registro na Agência. Dada a comprovação do comércio de produto clandestino, a Anvisa proibiu o produto saneante Hipoclorito de sódio CIorunforte. O produto de limpeza era fabricado pela empresa Hileon César Sucatelli, sob o nome fantasia de HS Química, como consta no rótulo do produto. O saneante Clorunforte não apresenta registro ou cadastro na Agência Sanitária e, por isso, foi proibida a fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso do produto. A Anvisa determinou, também, o recolhimento do estoque disponível no mercado. A resolução RE 609/17 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (13/03).

Fonte: Anvisa

rodape-carla

‘‘Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.” Isaías 40:31 (clique aqui e se surpreenda)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s