Estudo encontra substâncias proibidas em fórmulas de emagrecimento

Com mais de metade da população brasileira acima do peso, o que não falta é gente querendo levar vantagem com a venda de produtos suspeitos, que prometem verdadeiros milagres.

emagrecedorA Proteste (Associação dos Consumidores) fez um estudo de cenário, uma espécie de “fotografia” de um determinado momento sobre um tema que se quer analisar. O trabalho não tem valor científico, estatístico e muito menos permite generalizar a atuação dos profissionais envolvidos. Mas os resultados são preocupantes e servem de alerta.

O objetivo do estudo foi avaliar remédios para a perda de peso prescritos por médicos e feitos em farmácias de manipulação. Cinco pacientes consultaram-se com 11 “médicos de emagrecimento” (como eles se intitulam) em diferentes cidades do Rio de Janeiro. Após as consultas, as receitas foram encaminhadas para as farmácias de manipulação indicadas pelos médicos. Aos receber os medicamentos, a Proteste os encaminhou, ainda lacrados, para análise em laboratório.

Das 29 fórmulas prescritas pelos médicos, oito apresentavam substâncias que podem causar sérios efeitos colaterais e que não estavam prescritas nas receitas. Foram encontrados diazepam, em uma fórmula; femproporex em duas e sibutramina em outras cinco. O diazepam é usado em tratamentos de ansiedade e pode acarretar efeitos colaterais como sonolência, tontura, prejuízo à memória e fadiga. A sibutramina é proibida na Europa e nos EUA, mas tem venda permitida no Brasil, É usada como coadjuvante no tratamento da obesidade e, entre os efeitos adversos, pode levar ao aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca.

Já o femproporex é um inibidor de apetite. Entre os efeitos, pode causar dependência, tremores, irritabilidade, insônia, confusão, palpitação, arritmia cardíaca, dores no peito, hipertensão, boca seca, náusea, vômito, diarreia, agressividade, ansiedade e pânico. O medicamento nunca foi registrado nos EUA e, em 1999, foi proibido na Europa.

Segundo a Anvisa, até o dia 24 de abril de 2017 (data da consulta feita pela Proteste), não existiam medicamentos registrados no país com femproporex. Portanto, nenhum produto contendo a substância pode ser vendido ou consumido em território nacional. As três substâncias são de uso controlado e, para comprá-los, é necessária a apresentação de receita especial.

O estudo constatou também suspeita de infração ética envolvendo consultórios médicos e farmácias de manipulação. O Código de Ética Médica proíbe ao profissional interagir ou indicar farmácias para compra de medicamentos recebendo vantagens sobre isso. Na maioria dos casos avaliados pela Proteste (90%), os médicos, por meio das secretárias, contataram diretamente as farmácias indicadas para solicitar o orçamento. Após isso, os estabelecimentos ligaram para o paciente informando o custo. Os preços das receitas ficaram entre R$ 263 e R$ 660.

Em um caso específico, o paciente não teve acesso à receita prescrita. Ela ficou retida com a secretária do médico, que contatou diretamente a farmácia, não dando oportunidade ao paciente de manipulá-lo em outro estabelecimento. A Proteste enviou um ofício à Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag) e à Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), pedindo que orientem seus profissionais e os informem sobre as penalidades a que estão sujeitos. As farmácias também foram denunciadas à Anvisa e à Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro.

É muito importante que você, paciente, saiba sempre o está tomando e questione seu médico sobre os eventuais efeitos colaterais de medicamentos e suas interações com outros remédios. Também deve manter consigo uma cópia da prescrição. E, por fim, desconfie de consultórios que já tiram da manga uma indicação de farmácia de manipulação “de confiança”, sem ao menos você pedir. É a sua saúde e o seu bolso que estão em jogo.

Fonte: Folha de São Paulo

“Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.” Judas 1:21 (clique aqui e se surpreenda)
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s