Hemepar lança aplicativo para fidelizar doadores de sangue

No dia 14, data em que se comemorou o dia mundial do doador de sangue, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) lançou o aplicativo Hemogram para incentivar a doação.

hemeparAtravés do tablet ou celular (sistema android) conectado à internet os doadores podem visualizar pelo aplicativo as solicitações de doação, os tipos sanguíneos necessários e os endereços dos locais de coleta de sangue mais próximos para fazer a doação. E também mobilizar outras pessoas para que doem sangue. O aplicativo já está disponível gratuitamente.

O diretor do Hemepar, Paulo Hatschbach, explica que durante o período da Copa do Mundo FIFA 2014 no Brasil os estoques de sangue precisam ser mantidos de forma estratégica para que não falte caso haja algum acidente. “O Estado está recebendo muitos visitantes e precisamos estar preparados”, afirma.

Hatschbach diz que para manter os estoques regulares são necessárias de 150 a 200 doações por dia na unidade de coleta de Curitiba. Nas unidades do interior, este número é um pouco menor, mas também são necessárias doações regulares. “Em média, coletamos 12 mil bolsas mensais em todo Paraná e precisamos aumentar as doações em 30%”, afirma. Segundo ele, o sangue tem prazo de validade e por isso precisa ser reposto todos os dias. A média de atendimento do Hemepar é de 100 doadores por dia.

O diretor acredita que através do aplicativo é possível alertar aos doadores que sábado é o dia de maior movimento nos bancos de sangue. Em compensação, na segunda-feira quase ninguém doa. O Hemepar distribui sangue e hemoderivados para 384 hospitais do Paraná. Destes, 42 são de Curitiba e Região Metropolitana.

Doadores – Lucinéia Laia estava no Hemepar nesta sexta-feira (13) para doar sangue com algumas amigas da Igreja Quadrangular de Curitiba e aproveitou o tempo de espera para baixar o aplicativo em seu celular. “Venho sempre que um amigo ou conhecido precisa de sangue e agora este lembrete estará na tela do meu celular”, disse ela.

O doador voluntário de plaquetas, Persion Cardoso, repete este ato uma vez por mês, respeitando sempre a segunda semana do mês. Ele conta que tem um sobrinho que nasceu com o número muito baixo de plaquetas e isto fez com que ele se informasse mais sobre o assunto. “Já sou doador de sangue há 8 anos e decidi doar plaquetas também. A doação é tranquila, semelhante à doação de sangue, e dura entre 1 hora e meia e duas horas”, explica Cardoso.

Simone Bordignon de Jorge é doadora fidelizada, que doa sangue regularmente, desde 2008, quando começou a trabalhar no Hemepar em Curitiba. “Como acompanho todos os dias as pessoas que precisam de sangue, me dispus a doar também”, explicou ela. Simone repete o gesto a cada três meses e faz de tudo para não falhar.

Passo a passo para instalação do Hemogram
1- Certifique-se que os aparelhos tenham sistema operacional Android, versão 2.2 ou superior.
2- Crie uma conta no Passaporte Curitiba. Clique em CADASTRO, preencha as lacunas e depois clique em CADASTRAR.
3 – Acesse a Google Play, faça uma pesquisa pelo nome Hemogram e clique em Instalar.

Doação – O processo de doação dura cerca de 40 minutos, passando pela etapa de triagem clínica, triagem hematológica e a doação propriamente dita. É seguro, rápido e não prejudica a saúde do doador. Homens podem doar sangue a cada 60 dias, o que totaliza até quatro doações no período de um ano. Para as mulheres o intervalo de doação é de 90 dias, somando até três doações anuais.

Para ser doador é preciso: Estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos (menores de idade com autorização e presença do responsável legal), pesar no mínimo 50 Kg, estar descansado e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação), apresentar documento oficial com foto (carteira de identidade, carteira do conselho profissional, carteira de trabalho, passaporte ou carteira nacional de habilitação),

Impedimentos temporários à doação: Gripe ou resfriado: aguardar 7 dias após a cura
Diarreia: aguardar 7 dias após a cura, durante a gravidez: 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana, amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses), ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação, tatuagem nos últimos 12 meses, piercing nos últimos 12 meses (piercing genital e oral 12 meses após a retirada)
Tratamento dentário: período varia de 1 a 7 dias, situações nas quais houve maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis (aguardar 12 meses), outras situações a serem avaliadas.

Não podem doar sangue os portadores de: Hepatite viral após os 10 anos de idade, diabetes insulinodependente, epilepsia ou convulsão, hanseníase, doença renal crônica
Antecedentes de Neoplasias (Câncer), antecedentes de acidente vascular cerebral (Derrame), evidência Clínica ou Laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (Vírus HIV), doenças associadas ao HTLV I/II e Doença de Chagas.

Saiba como encontrar o endereço de um Hemepar mais próximo

Fonte: SESA-PR (editado pelo blog)

“Jesus disse: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” João 14:27 (clique aqui e se surpreenda)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s