Uso de analgésicos explica 20% da queda de participação de homens na força de trabalho dos EUA, diz estudo

País vive crise de consumo abusivo de opioides.

excesso analgésicosO consumo de opioides por homens nos Estados Unidos é responsável por até um quinto da queda da participação masculina na força de trabalho americana, segundo estudo do economista Alan Krueger, da universidade Princeton. “A crise dos opioides e a participação menor na mão de obra estão agora ligadas em várias partes dos EUA”, escreveu Krueger, que foi economista-chefe no Departamento do Tesouro no governo Obama, em estudo divulgado nesta quinta-feira em conferência da Brookings Institution em Washington.

A pesquisa de Krueger relacionou a taxa de prescrição de medicamentos a dados referentes à força de trabalho nos últimos 15 anos. Em estudo anterior, o economista já havia descoberto que quase metade dos homens em idade de trabalhar que estão fora do mercado de trabalho consomem analgésicos diariamente. Outras pesquisas atribuem grande parte do declínio da mão de obra ocorrida desde o início da década de 2000 ao envelhecimento da população e ao fato de muitos jovens preferirem continuar estudando em vez de trabalhar. Para Krueger, a crise dos opioides que afeta os EUA hoje está agravando o problema.

Economistas têm começado a dar mais atenção ao uso disseminado de analgésicos e sua parcela na culpa nos níveis historicamente baixos de pessoas em idade ativa trabalhando nos EUA. Desempregados são mais propensos ao uso abusivo desses medicamentos, segundo dados oficiais, e alguns acabam cometendo crimes para satisfazer o vício, prejudicando seu futuro profissional. Eu acho que isso está relacionado ao declínio da participação de pessoas em idade ativa na força de trabalho — disse me julho a presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Janet Yellen.

Fonte: O Globo

“Jesus disse: Na verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou pais, ou irmãos, ou mulher, ou filhos, pelo reino de Deus, que não haja de receber muito mais neste mundo, e na idade vindoura a vida eterna.” Lucas 18:29-30 (clique aqui, assista o vídeo e se surpreenda)

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s