Ter um propósito de vida está associado a menor mortalidade após os 50 anos

idoso determinadoUm corpo crescente de literatura sugere que ter um forte senso de propósito na vida leva a melhorias na saúde física e mental e melhora a qualidade de vida geral. Existem intervenções disponíveis para influenciar o propósito da vida; assim, entender a associação do propósito de vida com a mortalidade é fundamental.

Um novo estudo teve como objetivo avaliar se existe uma associação entre o propósito de vida e a mortalidade por todas as causas ou causas específicas entre idosos nos Estados Unidos. Buscou-se avaliar uma associação entre o propósito de vida e a mortalidade por todas as causas ou causas específicas entre pessoas com mais de 50 anos que participam do Estudo de Saúde e Aposentadoria dos EUA

Este recente estudo de coorte com 6985 adultos mostrou que o propósito de vida foi significativamente associado à mortalidade por todas as causas. O estudo foi publicado no JAMA Network Open e está disponível em texto completo. Portanto, o propósito de vida é um fator de risco modificável e, como tal, o papel das intervenções para melhorar o propósito de vida deve ser avaliado para os resultados de saúde, incluindo a mortalidade.

Fonte: Terra (Boa Saúde) JAMA Network Open. DOI: 10.1001/jamanetworkopen.2019.4270.

‘‘Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões.’’  Salmos 51:1 (para entender, clique aqui, assista o vídeo e se surpreenda)

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s